FREGUESIA DE VALE DE TELHAS - MIRANDELA  


----------------------------
----------------------------








A HISTÓRIA

 

A freguesia de Vale de Telhas pertence ao concelho de Mirandela, do distrito de Bragança.
Está situada numa meia encosta entre os rios Tuela e Rabaçal, e dista da sede do concelho cerca de 17 quilómetros.
Tem por vizinhas as localidades de Vale de Gouvinhas (3 kms), o cruzamento da Bouça (6 kms), Vale Salgueiro (3 kms) e Torre de Dona Chama (16 kms) fica ainda a cerca de 18 kms de Valpaços, concelho que confina com o de Mirandela.
O seu povoamento remonta a épocas muito antigas, indo a sua origem até ao período pré e proto histórico. Isso o permitem concluir vários achados arqueológicos.
Foram, no entanto, os romanos que aqui deixaram a sua marca mais relevante.
Vale de Telhas pertenceu a um dos vários povoados romanos de Pinetum (Cidade Romana). Isso o atestam vários achados arqueológicos, tais como miliários, lápides e ruínas existentes nos arredores desta localidade.
O topónimo de Vale de Telhas terá derivado desse mesmo facto, relacionado com a sua situação geográfica e com a existência abundante de telha e outros artefactos em cerâmica.
Em termos religiosos, a paróquia foi criada nos finais do século XIII.
Nessa altura o rei D. Dinis concedeu-lhe carta de Foral, a 22 de Julho de 1289, mas nunca chegou a ser concelho(Chancel de D. Dinis, Liv. 1, fls. 261v).
Em termos administrativos, Vale de Telhas começou por pertencer a Mirandela, tendo posteriormente integrado o concelho de Torre Dona Chama, até à data da sua extinção que ocorreu em 1855.
A partir dessa data, passa novamente a pertencer ao concelho de Mirandela.
Vale de Telhas é considerado um dos centros arqueológicos mais importante da região de Trás-os-Montes, pelo vasto património que ainda conserva.




Ruinas castro romano - foto de Luis A.D. Leal



Via romana - foto de Luis A.D. Leal


Home :: Contactos :: Acesso de Editores :: Direitos Reservados